15 de set de 2011

11 mitos sexuais inimigos do bom sexo

Este artigo pode ser lido por qualquer homem ou mulher que queira saber mais sobre desenvolvimento sexual, valores, crenças, preconceitos e fantasias. São para as pessoas que estão ou não num relacionamento, para aqueles que frequentemente fazem sexo ou não, ou apenas para aqueles que pensam sobre sexo. São para casais heterossexuais, homossexuais, solteiros, independente da orientação sexual, que queiram se informar, que apreciem reflexão, novas ideias, mudanças e para aqueles que procuram ajuda para as suas dificuldades sexuais.
Fantasias e crenças absolutamente fantásticas
Frequentemente em minha clínica eu me deparo com pacientes com fantasias ou crenças absolutamente fantásticas. Estas pessoas acreditam, por exemplo, que elas precisam ter um pênis tão grande e tão rijo quanto um poste telefônico para satisfazer o outro; ou que o orgasmo feminino e masculino são absolutamente necessários; ou ainda que a penetração é o único ato sexual real. E que um bom sexo tem que ser espontâneo, sem planejamento ou comunicação; ou que seria um crime contra a humanidade se um homem tiver qualquer dúvida, questão ou problemas na área sexual.
De onde tiramos tanta crença que só faz empobrecer e dificultar o sexo? Educação sexual, verdadeira ou não, está em todo lugar, desde o dia em que nascemos até o dia em que morremos. Com certeza iremos nos deparar com comportamentos e visões diferenciadas sobre o sexo.
Muito antes de entendermos sobre a realidade do sexo, nossas cabeças já estavam cheias de ideias sem sentido. Todo momento que ouvimos uma piada de caráter sexual ou assistimos a um filme que implicitamente ou explicitamente descreve sobre sexualidade, quando lemos um romance ou assistimos a um programa de televisão que envolve sexo, podemos aprender mais sobre sexo ou essa ideia transmitida é automaticamente reforçada.
Estas mensagens entram com facilidade em nossas mentes, porque temos uma insegurança básica sobre sexo e temos uma certa sensibilidade por qualquer informação sobre a área sexual.
Muitos homens negam que são afetados pelas piadas ou estórias sobre a importância de ter um pênis grande e a depreciação de ter um pênis pequeno.
Na minha opinião estas mensagens, entretanto, são extremamente fortes e muito bem assimiladas pela maioria, pois ajuda a explicar porque tantos homens hoje se sentem inadequados em relação ao tamanho de seu pênis.
Atualmente, um outro aspecto interessante, agora em relação às mulheres que compartilham sonhos da ilha da fantasia. São aquelas totalmente envolvidas com sexo. Estas mulheres têm rostos maravilhosos, lábios sensuais, cabelos muito bem cuidados, corpos esbeltos, seios siliconados, pernas perfeitas, tudo muito incrível de se ver. Estão sempre vestidas de calcinhas provocantes, e prontas para ação, a qualquer momento, podendo expressar seus desejos a qualquer instante. A não ser que sejam virgens, os jogos sexuais passam a ser desnecessários. Orgasmos? Milhões deles, chegam fácil e rápido para elas.
As mensagens sexuais transmitidas em nossa cultura são frutos de fantasias, de imaginação fértil, o que podemos chamar de mitos. É um modelo de uma total irrealidade sobre como corpos aparecem e funcionam, como as pessoas se relacionam umas com as outras e como elas fazem sexo. Os principais atores deste modelo, na verdade, não são pessoas e sim órgãos sexuais, especialmente o pênis. O pênis não me parece nada real, mas ao contrário, como diz o historiador Steven Marcus, 'Instrumento de infinito poder mágico'.
Os mitos geram muita ansiedade e sentimentos inapropriados sobre nós e os outros. Eles ajudam a criar problemas sexuais, preconceitos e fazem com que estes problemas sexuais se tornem ainda mais difíceis de serem resolvidos. Trazem empobrecimento, extorção aos relacionamentos e aos indivíduos, e em geral, fazem com que o bom sexo seja quase impossível de ser atingido.
Os principais mitos sexuais: inimigos do bom sexo
Mito1: Nós somos homens liberados e completamente confortáveis em relação a sexo.

Mito 2: O homem que é homem não expressa sentimentos: isso é coisa de mulherzinha.

Mito 3: Todo toque corporal é sexual ou deveria se ligar ao sexo.

Mito 4: Um homem está sempre interessado e pronto para o sexo.

Mito 5: Um homem de verdade sabe se dar bem sexualmente.

Mito 6: O sexo é centrado em uma ereção perfeita.

Mito 7: Sexo = penetração

Mito 8: É função só do homem satisfazer a mulher.

Mito 9: Sexo bom é aquele que é espontâneo, sem planejamento, sem conversa.

Mito 10: Homossexualismo é doença.

Mito 11: Homossexual não é homem. Etc...
Nós temos a capacidade de rejeitar noções destrutivas sobre sexo e colocar no lugar ideias construtivas e realísticas. No processo, as pessoas podem fazer de sua vida sexual uma verdadeira reflexão sobre valores, sentimentos, pensamentos e o que é melhor para elas e seus parceiros, ao invés de se compararem com modelos ridículos ditos irresponsávelmente por outros.

por Ana Cláudia Simão

Postagens populares

Twitter

 
Cantinho da Mah Morenah | por Templates e Acessórios ©2010