21 de ago de 2011

Biografia Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro, ou simplesmente Cristiano Ronaldo OIH (Santo António, Funchal, 5 de Fevereiro de 1985)[2] é um futebolista português que joga como médio-ala e extremo.
Actualmente representa o Real Madrid, recebendo um salário anual estimado em 12 milhões de euros, o que o torna no futebolista mais bem pago do mundo.[3]
Ronaldo começou a sua carreira nas categorias de base do Andorinha. Em 1995 foi para o Nacional e o seu sucesso com a equipa o levou a assinar com o Sporting duas temporadas depois. O talento precoce de Ronaldo chamou a atenção de Sir Alex Ferguson, técnico e dirigente do Manchester United, em 2003, quando tinha apenas dezoito anos de idade, Cristiano Ronaldo assinou um contrato com o clube inglês, que pagou cerca de 12,24 milhões de libras esterlinas (ou apenas 17,5 milhões de euros) ao Sporting. Já na temporada seguinte, Ronaldo ganhou o seu primeiro título com o Manchester United, a Taça de Inglaterra, e chegou à final do Campeonato Europeu de Futebol de 2004 com Portugal, na qual ele marcou o seu primeiro golo internacional, mas não evitou a surpreendente derrota para a Grécia.[carece de fontes]
Em 2008, Cristiano Ronaldo conquistou a sua primeira Liga dos Campeões com o Manchester United. Além de ter sido nomeado o melhor jogador do mundo pela FIFPro[4] e o melhor jogador do mundo pela FIFA,[5] além de tornar-se o primeiro jogador do Manchester United a ganhar a Ballon d'Or[6] em quarenta anos, após George Best.[carece de fontes]
Foi o primeiro jogador a ganhar o recente Prémio FIFA Ferenc Puskás, em 2009, atribuído ao melhor golo do ano. Johan Cruijff, três vezes ganhador da Ballon d'Or, disse em uma entrevista, "Ronaldo é melhor do que George Best e Denis Law, que foram dois grandes e brilhantes jogadores na história do United.


O início

Batizado em homenagem ao ex-presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan, de quem seu pai, um ex-ator, era admirador[8] aos oito anos de idade ele começou a jogar nas categorias de base do Andorinha. Em 1995, Ronaldo assinou com um clube local, o Nacional e após dois anos nas categorias de base do clube foi jogar nas categorias de base do Sporting por causa de a uma dívida de 450 mil escudos do Nacional para com este clube.[9]

Sporting

Cristiano Ronaldo juntou-se aos outros jovens jogadores do Sporting e conseguiu tornar-se no único jogador a ter jogado no Sporting Sub-16, Sub-17, Sub-18, B, e na equipa principal, tudo numa só temporada.[10] Ele marcou dois golos para o Sporting em sua estreia na equipa principal contra o Moreirense, defendeu pela primera vez Portugal no Campeonato Europeu Sub-17.[11]
Quando Cristiano Ronaldo tinha quinze anos, foi-lhe diagnosticado um problema no coração, uma condição que poderia tê-lo forçado a desistir de jogar futebol. O Sporting informou a mãe de Cristiano Ronaldo do problema, a qual, ciente dos riscos, lhe deu autorização para ir ao hospital. Aí, foi submetido a uma operação na qual a área do coração que lhe estava a causar o problema foi cauterizada a laser. A cirurgia foi realizada no período da manhã e Cristiano Ronaldo recebeu alta do hospital até ao final da tarde, ao que retomou a equipa apenas alguns dias depois.[12]
Cristiano Ronaldo foi procurado primeiro pelo Arsenal, mas o técnico Arsène Wenger, não chegou a acordo com a direcção do Sporting .[13] No entanto, chamou à atenção de Sir Alex Ferguson técnico e dirigente do Manchester United, no verão de 2003, quando o Sporting derrotou o United por 3-1 na inauguração do estádio Alvalade XXI, em Lisboa. O desempenho de Cristiano Ronaldo impressionou até os jogadores do Manchester United, que no voo de volta a Inglaterra, teriam pedido a Sir Alex Ferguson a sua contratação para substituir David Beckham, que havia se transferido para o Real Madrid.[14]

Manchester United

Cristiano Ronaldo jogando pelo Manchester United contra o Chelsea.
O Manchester United contratou-o em 2003, por 17,35 milhões de euros,[15] e renovou o vínculo no dia 13 de Abril de 2007 até 2012.[16]
Mesmo jovem ganhou no Manchester United vários títulos invejáveis para qualquer jogador, como a Premier League 2006-07, a Premier League 2007-08 e a Premier League 2008-09, a Liga dos Campeões 2007-2008, o Campeonato Mundial de Clubes da FIFA 2008, além de uma Taça de Inglaterra, duas Taças da Liga Inglesa e duas Taças de Inglaterra. Em 2008, o extremo português Cristiano Ronaldo tornou-se o segundo jogador a conquistar, na mesma temporada, o prémio de Melhor Jogador do Mundo da FIFA, a Chuteira de Ouro e a Bola de Ouro, da revista "France Football", um feito só realizado pelo avançado brasileiro Ronaldo, em 1997.
Mas no dia 5 de Junho de 2008, a Sky Sports informou que Cristiano Ronaldo havia manifestado interesse em transferir-se para o Real Madrid.[17] O Manchester United apresentou uma queixa de aliciamento do Real Madrid para a FIFA a 9 de Junho, mas a FIFA recusou tomar qualquer decisão sobre o caso após o Real Madrid negar publicamente.[18] A especulação de que uma transferência que aconteceria no ano seguinte continuou até 6 de Agosto, quando Cristiano Ronaldo confirmou que ele iria permanecer no Manchester United, por pelo menos mais um ano.[19] No entanto em Junho de 2009, o Manchester United anunciou a permissão de que o jogador e o Real Madrid discutissem pormenores de contrato, uma vez que tinha aceite a proposta de compra.[20]

Real Madrid

Cristiano Ronaldo treinando com o Real Madrid.
Depois de muitas especulações, o Real Madrid chegou a acordo com o Manchester United para a transferência do então melhor jogador do mundo em 2009, pela quantia anunciada de 94 milhões de euros a 11 de Junho de 2009.[20] O jogador tornou-se, deste modo, a maior e a mais cara contratação da história do futebol mundial até o momento, superando os valores da contratação de Zinédine Zidane, também para o Real Madrid.[20] A sua contratação foi a segunda a ser anunciada pelo Real Madrid para a disputa da temporada 2009/2010, a primeira havia sido de outra estrela do futebol mundial,o brasileiro Kaká. Especialistas da área logo começaram a discutir duas polémicas,a primeira delas: como seria o relacionamento de tantos craques e se o excesso de vaidade não poderia atrapalhar assim como aconteceu na primeira fase galáctica do Real Madrid, que contava com craques como: Ronaldo, Raúl, Zinédine Zidane, Roberto Carlos, Luís Figo, David Beckham, entre outros. A segunda delas e a mais polémica era se realmente um jogador de futebol valia tanto dinheiro. À equipa ainda foram adicionados outros grandes nomes como o espanhol Xabi Alonso que actuava pelo Liverpool F.C. da Inglaterra e o jovem avançado francês Karim Benzema que jogava no Olympique Lyonnais.
No dia 28 de Julho, o craque galáctico fez o seu primeiro golo pela equipa merengue na vitória por 4-2 à Liga Quito na Taça da Paz. Em 29 de Agosto, Ronaldo coroou a sua estreia na La Liga com um golo, marcando o segundo do Real de penálti em casa, vencida por 3-2 contra o Deportivo La Coruña. Em 15 de setembro, Ronaldo marcou seus primeiros golos da Liga dos Campeões, ambos em cobranças de falta, contra o FC Zurique, em uma vitória por 5-2. Quebrou um recorde do clube de Madrid, quando ele marcou num jogo do campeonato contra o Villareal e assim se tornou o primeiro jogador a marcar nas suas primeiros quatro presenças na Liga.
Sofreu uma lesão no tornozelo em 10 de Outubro, enquanto que Ronaldo estava no direito internacional com Portugal contra a Hungria, manteve-se até 25 de Novembro, o que fez com que ele perdesse a partida da fase de grupos da Liga contra o Milan. Ronaldo fez o seu primeiro pós-lesão em uma derrota por 1-0 no clássico contra o Barcelona, em 29 de Novembro. Em 6 de dezembro, ele foi expulso pela primeira vez em sua carreira na vitória de Madrid por 4-2 contra o Almería que no jogo foi também ele perdeu um penálti, mas também marcou um golo. Recebeu o primeiro amarelo por tirar a camisola durante a comemoração do golo, e o segundo depois de chutar num adversário três minutos mais tarde. Não actuou pelo Madrid na Liga contra o Valencia C.F., devido à suspensão. Porém regressado da suspensão, o jogador fez um belo golo na vitória por 6-0 no Santiago Bernabéu pela liga espanhola, pela 15ª jornada do campeonato espanhol. Na 23ª jornada do campeonato espanhol, marcou um golo na excelente vitória contra o Villarreal C.F. no Santiago Bernabéu por 6-2, e com decisiva participação nos outros golos. No campeonato espanhol fez na primeira época 26 golos, sendo sempre muito decisivo, e participativo para as vitórias do Real Madrid, apesar do 2.º lugar. Além de na Liga dos Campeões ter ajudado o seu clube a passar aos oitavos-de-final, onde realizou com 7 golos na competição, após o Real Madrid ter sido eliminado nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões pelo Lyon. Cristiano Ronaldo fechou o ano de 2010 com chave de ouro obtendo uma média espetacular de gols, chegou à impressionante marca de 46, após 48 partidas realizadas, média de 0,95 gols por jogo.
Ronaldo atuando num jogo da Liga dos Campeões da UEFA de 2010-11, contra o Tottenham Hotspur.
Em 15 de maio de 2011, Cristiano Ronaldo se tornou o maior goleador numa temporada na história do Real Madrid com 51 golos, superando o recorde anterior, de 49 golos de Ferenc Puskás. Cristiano Ronaldo igualou o recorde de maior número de golos já marcados numa temporada em La Liga, com 38 golos, empatando a marca de Telmo Zarra, estabelecida em 1951 e a marca de Hugo Sanchez de 1990, com o jornal desportivo Marca, a entregar oficialmente o troféu Pichichi (maior goleador da Liga), alegando que ele marcou 39 golos, o que significa que superou os outros dois jogadores.[21]

Selecção Portuguesa

Foi convocado pela primeira vez à Selecção Portuguesa de Futebol para um amigável frente ao Cazaquistão, jogo que Portugal venceu por 1-0 .

Euro 2004

Ronaldo foi convocado para o Euro 2004, este realizado em Portugal, e marcou o seu primeiro golo pelas Selecção das Quinas frente à Grécia na fase de grupos, jogo que Portugal perdeu por 2 - 1. Marcou também na vitória por 2 - 1 na semifinal frente à Holanda. Neste mesmo ano representou Portugal nas Olimpíadas.

Campeonato do Mundo de 2006

Na fase de qualificação, foi o segundo melhor marcador na zona europeia, com sete golos, e marcou o seu primeiro golo num Campeonato do Mundo frente ao Irão de grande penalidade.
Foi muito criticado devido à piscadela de olho que deu em direcção ao banco de Portugal, logo após a expulsão de Wayne Rooney, nos quartos-de-final frente à Inglaterra, jogo que Portugal venceu. No dia 4 de Julho, o árbitro explicou à imprensa que o cartão vermelho mostrado a Rooney foi devido a uma infracção e não foi influenciado pela contestação de Ronaldo.
A reacção controversa da imprensa Inglesa, fez com que Ronaldo ponderasse a saída do Manchester United, e supostamente disse ao Diário Marca que gostaria de ser transferido para o Real Madrid. Em resposta à especulação, Alex Ferguson pediu a Carlos Queiroz, o então adjunto do United, que fosse conversar com Ronaldo, com o fim de tentar mudar a sua decisão. Ronaldo ficou, e assinou a extensão do seu contrato em Abril de 2007 por mais 5 épocas.
Foi considerado um dos melhores jogadores jovens da Campeonato do Mundo de 2006, torneio em que Portugal se classificou em 4º lugar, à frente de selecções como as do Brasil, Argentina, Inglaterra, Holanda, e Espanha. No jogo contra a Holanda, saiu magoado ainda no primeiro tempo por causa de uma violenta entrada do defesa central Khalid Boulahrouz, que mais tarde seria expulso.

Euro 2008

Na campanha de qualificação para o Euro 2008, Ronaldo marcou oito golos mas terminou o Campeonato com apenas um golo frente à Républica Checa. Portugal acabaria sendo eliminado pela Alemanha.

Campeonato do Mundo de 2010

Com a contratação de Carlos Queiroz como novo seleccionador das Quinas, Ronaldo foi nomeado o novo capitão da Selecção Portuguesa de Futebol, sucedendo assim a Nuno Gomes, capitão no Euro 2008.
Depois da sua lesão frente ao Olympique de Marseille no jogo da Liga dos Campeões, Ronaldo ficou em dúvida para os dois últimos encontros frente à Hungria, e Malta. Ronaldo pensou ter recuperado a tempo do jogo frente à Hungria, e com muita controversia e discordância do Real Madrid, foi mesmo ulilizado por Queiroz frente aos Húngaros. Ronaldo fez a assistência para o golo de Simão, jogo que Portugal ganhou por 3-0. Porém, Ronaldo ressentiu-se da lesão, agravando-a, e foi subsituído aos 27 minutos da partida, acabando por falhar o jogo frente a Malta. Com a passagem da Selecção Portuguesa às eliminatórias, Ronaldo era a maior dúvida para o duplo encontro frente à Bósnia e Herzegovina. Contra a vontade dos Merengues, Queiroz convocou Ronaldo para que este fosse reavaliado pela equipa médica da Selecção Portuguesa e depois de passar pelos devidos testes, foi anunciado a sua inaptidão para os dois jogos. Porém, Portugal eliminou a selecção da Bósnia-Herzegovina, e assim o mesmo obterá consequentemente mais um mundial no seu currículo futebolístico, onde poderá de facto levar Portugal a uma boa campanha.
A 21 de Junho, no jogo frente à Coreia do Norte, Ronaldo marcou o 6º golo na vitória de Portugal por 7–0 acabando assim com um jejum de dezesseis meses sem marcar pela Selecção. Portugal terminou eliminado pela Espanha nas oitavas-de-final, pelo placar mínimo. Os espanhóis viriam a ser campeões do torneio.

Vida pessoal
Cristiano já teve inúmeros relacionamentos, incluindo casos com a actriz indiana Bipasha Basu, com a modelo e apresentadora portuguesa Merche Romero e com a actriz inglesa Gemma Atkinson. Atualmente namora a modelo russa Irina Shayk.[22] Em Julho de 2010, revelou que foi pai de um rapaz, não revelando a identidade da mãe.[23]
No ano de 2005 o pai morre, e em 2007 com 22 anos, lança uma biografia intitulada "Momentos", onde fala de sua vida pessoal e dos seus amores.
Em janeiro de 2011, foi registado que o futebolista é o desportista mundial mais popular na rede social Facebook, com mais de três milhões de seguidores.[24] Em 16 de fevereiro de 2011, alcança os vinte milhões de fãs no Facebook.[25]. Em 29 de junho de 2011, alcança os trinta milhões de fãs.
É garoto-propaganda da Armani, do Banco Espírito Santo, da Nike, da Time Force, da Castrol[26] e do xampu Clear


Títulos
Real Madrid
Manchester United[29]
Prêmios individuais

Melhor marcador[29]


Cristiano Ronaldo

Postagens populares

Twitter

 
Cantinho da Mah Morenah | por Templates e Acessórios ©2010